Bahia marca presença na III Conferência Nacional de Economia Solidária

 economia solidaria

A Bahia estará presente na III Conferência Nacional de Economia Solidária (III Conaes), que será realizada a partir desta quinta-feira (27), até o próximo domingo (30), em Brasília. A delegação baiana terá 100 delegados e maais o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos, também presidente do Fórum Nacional de Secretarias Estaduais do Trabalho (Fonset), que participará da solenidade de abertura, representando o governador Jaques Wagner.

Paralelamente ao evento, haverá um Encontro de Mulheres, que será aberto, já nesta quarta-feira (26), e uma Mostra de Economia Solidária com estandes de cada um dos estados da Federação. O da Bahia apresentará experiências de sucesso, além de produtos e publicações relatando tudo o que vem sendo realizado no estado, desde 2007, quando foi criada a Superintendência de Economia Solidária (Sesol).

Representantes baianos

Os 100 representantes baianos estão assim constituídos – 25 do poder público, 25 de associações que prestam Assessorias técnicas especializadas e 50 dos Empreendimentos Econômicos e Solidários (EES). Para estar presente em Brasília, a Bahia realizou 27 Conferências Territoriais e a Conferência Estadual, e levará  para o encontro 40 propostas, que serão defendidas pelos delegados na III Conaes.

A realização da III Conferência Nacional é considerada pelo superintendente de Economia Solidária da Setre, Milton Barbosa, “um momento importante na construção e consolidação deste setor no país”. Ele disse ainda que o documento final, resultado dos debates, deverá refletir as necessidades regionais e servirá de base para o governo federal na execução das políticas públicas.

Participação das mulheres

A III Conaes é organizada pela Secretaria Nacional de Economia Solidária (Senaes) e reunirá 1.600 pessoas, sendo 1.460 delegados eleitos nas conferências estaduais. Do total, 63% são mulheres. De acordo com a coordenadora geral de Promoção e Divulgação da Senaes, Regilane Fernandes, estarão presentes aproximadamente 850 mulheres.

“O objetivo é fortalecer efetivamente a participação das mulheres nas discussões da Conferência, e possibilitar que elas voltem para seus estados mais preparadas para a implementação do Plano Estadual de Economia Solidária”, afirma. O tema do encontro é ‘Construindo um Plano Nacional da Economia Solidária’ para promover o direito de produzir e viver de forma associativa e sustentável.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *