“CASOS DE ZIKA VÍRUS SUPERAM DENGUE EM ITABUNA”, AFIRMA SECRETÁRIO

"Os casos de zika vírus, uma das viroses mais graves transmitidas pelo Aedes Aegypti, superam a dengue. Mas a grande preocupação é saber que em praticamente em todas as residências existem pequenos focos de larvas, a exemplo de um simples bebedouro de parede e ou reservatório de água da geladeira". Foi o que disse o secretário de Saúde de Itabuna, Paulo Bicalho, durante palestra na noite da quinta-feira, no Rotary Clube Itabuna Sul.

Secretário de Saúde Paulo Bicalho fez palestra no Rotary - Foto Divulgação 2
Secretário de Saúde Paulo Bicalho fez palestra no Rotary

O secretário foi convidado para uma reunião ordinária da entidade para falar sobre "prevenção e tratamento da microcefalia". Por cerca de meia hora, Paulo Bicalho mostrou, por meio de gráficos e vídeos, a origem do mosquito que surgiu na África e ganhou o mundo, os números no Brasil, na Bahia e em Itabuna e como tem se proliferado rapidamente.

Também falou dos efeitos noviços para a população infantil, adulta e idosa, sobre a gravidade do momento atual e deixou claro que a situação para os próximos meses não é nada animadora. O secretário Paulo Bicalho acredita que, entre os meses de março e abril, metade da população itabunense deverá contrair viroses.

Secretário de Saúde Paulo Bicalho fez palestra no Rotary - Foto Divulgação 1
Secretário de Saúde Paulo Bicalho fez palestra no Rotary

Sobre a microcefalia, o secretário disse que será um dano ainda maior para as famílias, cujos bebês estão nascendo com a doença. "Apesar dos pesquisadores não confirmarem ainda, acredito que a doença seja proveniente do Aedes Aegypti, daí a preocupação das autoridades brasileiras em voltar a atenção e convocar a sociedade para o combate ao mosquito", reforçou.

GUERRA

O titular da Saúde aproveitou para falar do esforço que a Prefeitura de Itabuna vem fazendo para tentar e controlar a situação no município, adiantando que a missão da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) no atual momento é descobrir e eliminar focos das larvas em todas as residências, empresas e em áreas habitadas ou não na tentativa de acabar com o mosquito Aedes aegypti.

Bicalho disse que, por determinação do prefeito Claudevane Leite outras secretarias como Educação, Settran, Sedur e a FICC também se uniram na tarefa de combate ao mosquito, num intenso trabalho de corpo a corpo junto com agentes de Endemias e Comunitários de Saúde. "Todos demais servidores da Saúde já vestiram a camisa de combatentes e estão prontos para partir para o campo na guerra contra o mosquito durante a campanha que está sendo lançada e que será intensificada após o Carnaval", disse Paulo Bicalho.

Os participantes da reunião ordinária do Rotary Clube Itabuna Sul disseram saber da situação da dengue e outras viroses em Itabuna, mas não tinham noção da extrema gravidade. O rotariano José Marques Pereira elogiou a explanação do secretário pela maneira clara como foi colocada e o que vem sendo feito para minimizar a situação no município.

Para José Marques "a educação é tão ou mais importante do que a ação, numa referência à palestra que, em sua opinião, foi oportuna, esclarecedora e deve ser repetida em outras instituições de influência para comprometer e engajar a sociedade nessa luta que é de todos nós".

_____________

Prefeitura de Itabuna

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.