CENTRO DE ZOONOSES DE ITABUNA GANHA NOVOS CANIS E É REINAUGURADO

Zoonoses de Itabuna 2014.jpg

Representantes da Associação Brasileira Ambiental de Proteção ao Animal (Abrapa), Associação Amigos dos Animais (ONG A-3) e da Associação de Moradores do Bairro Antique, além de donos de animais fizeram uma grande festa neste sábado pela reinauguração do Centro Controle de Zoonoses de Itabuna (CCZ) completamente reformado pela Prefeitura de Itabuna. O CCZ ganhou mais oito canis e passou por uma reforma geral na sala de cirurgias, banheiros, salas de reunião, coordenação, recepção, depósitos e almoxarifado.

Na cerimônia, o prefeito Claudevane Leite destacou que Itabuna hoje conta com o maior programa de cirurgias e controle de animais do interior da Bahia. O município saiu de zero cirurgia em 2012 para 800 procedimentos no ano passado. Neste ano, mesmo com as obras de reforma e ampliação do Centro, já foram realizados mais de 500 procedimentos. “Em 2012 faltava até água para os animais beberem. Hoje, estamos entregando um centro completamente reformado”, afirmou.

Para ampliar de seis para 14 o número de canis e reformar completamente o Centro de Controle de Zoonoses foram investidos R$ 200 mil em recursos próprios da Prefeitura de Itabuna. Além da obra de ampliação, foi feita a revisão nas redes elétrica e hidráulica, retelhamento, colocação de pisos em todas as salas, intervenções nos banheiros, pintura interna e externa do prédio.

CASTRAÇÕES

O coordenador do CCZ, Waldemar d’Afonseca, afirmou que desde o ano passado os donos de animais contam com serviço de qualidade, com profissionais qualificados. Ele disse ainda está zerada a fila para a castração de cães machos e o objetivo é conseguir o mesmo resultado com relação às fêmeas. “Além disso, oferecemos abrigos decentes para todos os animais”, assegurou.

Já os representantes da ONG A-3 e Abrapa lembraram que até 2012 o CCZ estava completamente abandonado e que tiveram que recorrer ao Ministério Público estadual diversas vezes para denunciar o descaso. “Isso aqui era um verdadeiro cemitério de animais. Não tinha nem água portável para os animais beberem. Os bichinhos viviam em completo estado de abandono”, contou Kátia Lira, presidente da Abrapa.

Juliane Ramos, da “ONG A-3 observou que atualmente não falta medicamentos e nem ração para os animais. Ela também elogiou o trabalho que vem sendo feito para encontrar um novo lar para os bichinhos e as campanhas de vacinação realizada pela Secretaria Municipal da Saúde. As ações foram aprovadas também pela criadora de animais, a professora Rosilene Mariano. “Estamos muito felizes com esse novo espaço e com a equipe de profissionais à disposição da comunidade”, afirmou Rosilene Mariano.

Estiveram presentes à reinauguração do CCZ os secretários municipais Marcos Cerqueira, da Fazenda; Wenceslau Júnior, de Tecnologia e Planejamento, Eric Ettinger, da Saúde; José Humberto Martins, da Indústria Comércio e Turismo; Ricardo Campos, presidente da Emasa; Roberto José da Silva, presidente da FICC; Oton Matos, da Controladoria Geral. Também prestigiaram a cerimônia os vereadores Francisco Edes e Cesar Brandão (líder do governo), além de líderes comunitários e moradores do Antique.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *