COMEÇA A FORMALIZAÇÃO DOS FEIRANTES DO MERCADO DA CARNE

Mercado da Carne Foto Wilson Oliveira 4.jpg

Foi iniciada esta semana na sede da administração do Centro Comercial de Itabuna, a formalização de açougueiros, magarefes e feirantes do Mercado da Carne como empreendedores individuais ou microempresas visando à legalização para que possam atender às exigências da Portaria nº 304, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Cada um dos 70 feirantes que comercializam carnes bovina, caprina e suína, aves e peixes devem comparecer munidos de documentos pessoais de segunda a sexta-feira.

Nesta primeira etapa serão beneficiados pelo menos 46 feirantes do segmento carnes, bovinos e caprinos, que já se preparam para se instalar nos boxes já disponibilizados pela Prefeitura. Na manhã desta quarta-feira, o secretário da Indústria, Comércio e Turismo, José Humberto Martins, visitou o Mercado da Carne, acompanhado de feirantes e do presidente da Cooperativa Coopefeira, Nerivaldo Macedo, onde checou as condições do local após a limpeza e desinfecção realizada no local na última semana.

O secretário José Humberto já definiu que as próximas etapas da reforma vão garantir o funcionamento do Mercado da Carne no inicio de 2015. “Agora só falta a pintura sob a reponsabilidade dos feirantes, a substituição de algumas telhas e checagem da parte elétrica e hidráulica pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano”, afirmou.

Segundo o titular da Indústria, Comércio e Turismo ainda nessa semana haverá demonstração de parte do maquinário necessário à venda de carnes congelada e resfriada como exige a Portaria para que os feirantes conheçam de perto, a exemplo de câmara frigorífica e serra elétrica. “Só depois é que os feirantes ou sua associação poderão fazer as aquisições e partir da concessão de financiamento”, explico o secretário.

Mas adverte: “Os feirantes só terão acesso às linhas de crédito com os documentos de formalização e situação cadastral já resolvida, o que deve ser feito o mais rápido possível. Aliás, uma equipe da Secretaria estará atuando na sede administrativa do Centro Comercial de segunda a sexta-feira para orientar os feirantes para que não deixem tudo para ultima hora, pois é preciso respeitar os prazos recomendados pelo Ministério Público”, explicou José Humberto Martins.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *