COMEÇA MAIS UMA ETAPA DO PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS EM ITABUNA

Comeca mais uma etapa do Programa de Aquisicao de Alimentos em Itabuna - Foto Pedro Augusto.jpg

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente da Prefeitura de Itabuna iniciou nesta segunda-feira, 3, mais uma etapa do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), com a coleta de produtos produzidos pela agricultura familiar do município. Parceria da Prefeitura de Itabuna com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, de onde vêm os recursos financeiros, o PAA deverá injetar recursos da ordem de R$ 1.270.000,00 até o próximo mês de junho, beneficiando diretamente 324 famílias que atuam na produção de alimentos na zona rural de Itabuna.

Segundo o secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Itabuna, Lanns Alves de Almeida Filho, a coleta dos produtos seguirá um calendário semanal, de segunda a quinta-feira. Lanns explica que os alimentos comprados dos agricultores são repassados a 42 entidades assistenciais e filantrópicas, a exemplo do Hospital de Base, Restaurante Popular, Santa Casa de Misericórdia, Abrigo São Francisco, Albergue Bezerra de Menezes e Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

Inclusão social e econômica

O secretário destaca que o PAA é um importante programa que possibilita o acesso a alimentos às populações em situação de insegurança alimentar e promove a inclusão social e econômica no campo por meio do fortalecimento da agricultura familiar. Para participar do Programa, o agricultor deve ser identificado como agricultor familiar, enquadrando-se no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). A identificação é feita por meio de uma Declaração de Aptidão ao Pronaf (Dap) emitida por órgãos ligados ao Ministério da Agricultura (Ceplac), Secretaria Estadual de Agricultura (Ebda) e Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

A previsão da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente é que até o mês de junho sejam adquiridos de 500 a 600 toneladas de alimentos como bananas da prata e banana da terra, aipim, coentro, alface, batata doce, abóbora e melancia. Os produtos são adquiridos com isenção de licitação, a preços compatíveis com os praticados no mercado regional

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *