Começa processo para eleição de 700 alunos que representarão os estados na IV Conferência Nacional Infantojuvenil

Começou a primeira etapa da IV Conferência Nacional Infantojuvenil, que vai eleger cerca de 700 alunos de 11 a 14 anos como delegados para representarem todos os estados no evento. O debate nas escolas segue até 31 de agosto e estão asseguradas 81 vagas para estudantes de assentamentos rurais, comunidades quilombolas e populações indígenas. A etapa nacional da conferência acontecerá de 25 a 29 de novembro, em Brasília.

Promovida pelo Ministério da Educação (MEC), em conjunto com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), a IV CNIJMA é destinada ao público das escolas do Ensino Fundamental, públicas e privadas, urbanas e rurais, da rede estadual ou municipal. Também das escolas de comunidades indígenas, quilombolas e de assentamento rural.

O tema deste ano é “Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis”, com o objetivo de fortalecer a cidadania ambiental nas escolas e comunidades, promover espaços educadores sustentáveis e apresentar propostas para políticas públicas, por meio de uma educação crítica, participativa, democrática e transformadora.

Escolas sustentáveis

A IV Conferência Nacional Infantojuvenil trabalhará a temática de escolas sustentáveis a partir dos projetos de ação selecionados na etapa estadual, utilizando metodologias participativas, por meio de encontros e diálogos. Após as conferências nas escolas, realizadas até 31 de agosto, acontecerá a fase municipal ou regional, que tem prazo até 6 de outubro. Depois ocorre a fase estadual, que é obrigatória, até 25 de outubro, culminando na etapa nacional, de 25 a 29 de novembro.

O diretor do Departamento de Educação Ambiental do MMA, Nilo Diniz, reforça a importância das etapas preparatórias, que antecedem à nacional. “Os alunos vão discutir projetos para tornar as escolas mais sustentáveis. Na fase nacional, eles trazem essas experiências vivenciadas nas escolas e discutidas nos estados, que devem inspirar propostas ao governo federal”, explica.

Parceria

A quarta edição da Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente começou a ser articulada durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável – Rio+20, ocorrida no ano passado. Na ocasião, foi assinada portaria interministerial pelos ministros Aloizio Mercadante e Izabella Teixeira (nº 883).

Neste mês, o MEC realizou uma webconferência preparatória junto a diversos professores e gestores de todo o país, com a participação do MMA. O encontro foi aberto pela professora Macaé Maria Evaristo dos Santos, secretária de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI/MEC).

Em outubro deste ano acontece também a 4ª Conferência Nacional de Meio Ambiente, que vai tratar da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Um tema atual que envolve a participação de todos na gestão e descarte correto do lixo. “Neste ano, todo o país debaterá a política de meio ambiente, inclusive as crianças e os jovens”, conclui Diniz.

Mais informações sobre a IV CNIJMA aqui

Fonte: Portal Planalto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.