CRIANÇAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO SÃO ATENDIDAS NO HOSPITAL BEIRA RIO

O projeto “Olhar Criança”, criado pelo Lions Club Itabuna Sul, deu, neste sábado (26), um passo importante nos seus atendimentos. Idealizado para acontecer em três fases distintas, neste final de semana, o projeto entrou em sua segunda fase, quando cerca de 50 crianças, juntamente com seus pais ou responsáveis foram convidados a comparecerem à sede do Hospital Beira Rio, para que pudessem passar por exames mais apurados de acuidade visual.

Relembrando as fases de operacionalização do projeto, num primeiro momento, representantes do Lions Club visitaram a Secretaria Municipal da Educação de Itabuna (SME) e propuseram uma ação de detecção de acuidade visual entre crianças matriculadas nas escolas da Rede Municipal de Ensino, com idades entre 5 e 9 anos de idade. Professores da rede passaram por um curso específico de formação que os permitiram aplicar os testes mais simples de acuidade, na própria unidade escolar. Até o momento, cerca de 1.800 alunos foram submetidos ao teste. E, desses, quase 50 já foram convidados para que pudessem passar por exames mais detalhados no Hospital de Olhos Beira Rio.

A secretária municipal da Educação, professora Nilmecy Gonçalves, classificou a realização dos trabalhos, tanto na primeira etapa, quanto na segunda, muito bons e assertivos. “Na primeira etapa, e eu gostaria de dar um destaque muito especial para o que foi realizado, tivemos a participação e o apoio dos professores, imensamente importante. Foram eles que fizeram a triagem e foi possível compreender que o trabalho foi feito com muito cuidado, dedicação, esforço e atenção, pois, na segunda etapa, nas consultas no hospital, esteve confirmada que quase 100% das crianças encaminhadas precisavam de algum tipo de intervenção em tratamento oftalmológico. Aquilo que a gente sempre vem defendendo desde o início do projeto passa a se confirmar: muitas crianças não conseguem aprender direito, porque não enxergam direito. Só que, como elas não muito novinhas, nem sempre conseguem entender ou externar que sentem dificuldade para enxergar. Graças a esse apoio do Lions Club Itabuna Sul e de todos os envolvidos, estamos diminuindo a quantidade de crianças com dificuldades de visão”, disse a secretária.

O Dr. Wandick Rosa explicou que o objetivo do projeto é justamente esse: “o de identificarmos essas ocorrências ainda na infância, fase em que, para corrigir quaisquer males, fica mais fácil, a ponto de não comprometer o futuro da criança, seja no aspecto da aprendizagem em sala de aula, seja na inserção das mesmas, no futuro, no mercado de trabalho”, ratificou.

Como algumas unidades escolares ainda estão concluindo a primeira fase do projeto, essa segunda etapa será repetida ainda em outros momentos. A terceira etapa acontece quando as crianças que necessitarem receberão gratuitamente os seus óculos. 16 crianças participantes do projeto já foram identificadas nessa premissa e os óculos já estão sendo confeccionados.

O “Olhar Criança” conta com o apoio da Hospital Beira Rio, da Prefeitura de Itabuna (através da Secretaria Municipal da Educação), RCM Propaganda, Jequitibá Plaza Shopping, Óticas Carol, Câmara de Dirigentes Lojistas de Itabuna (CDL), Soluz, Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), Everest Climatização, Luana Turismo e Óticas Suzy.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *