Escolas de Itabuna passam por reformas antes do início das aulas

O início do ano letivo para milhares de alunos da Rede Pública Municipal de Ensino de Itabuna começará com um atrativo a mais por conta das obras de reforma e ampliação que a Prefeitura está executando, por meio da Secretaria da Educação (SEC). Com as intervenções alunos, professores, servidores e as famílias dos estudantes encontrarão no próximo dia 28 de fevereiro, data programada para o início das aulas, um ambiente escolar mais aconchegante, higienizado e seguro.

Estão sendo beneficiadas 10 escolas que atuam desde o segmento Creche ao Ciclo da Adolescência. Até a sexta-feira, 31, os trabalhos já haviam sido concluídos na Escola Vila Anália, no Grupo Escola Genival Almeida (ex-Cleonice Almeida), na Escola Henrique Dias, no Grupo Escolar Ana Francisca e na Escola Juca Leão.

Na segunda-feira, 3, operários do Setor de Manutenção e Conservação do Patrimônio Público da SEC iniciaram os serviços de reparos da rede elétrica e hidráulica, reposição de telhados e serviços de pintura interna e externa em outras cinco escolas – Flávio Simões, Raimunda Oliveira, Lar Fabiano de Cristo, além das creches Maria Goretti e Pequeno Aprendiz.

As obras de melhoria da infraestrutura educacional contemplam ainda a ampliação da Escola Everaldo Cardoso, cujas obras estão em andamento com a construção de quatro salas, banheiros e refeitório, bem como a construção de três novas salas e banheiros na Escola Maria Creuza, no bairro Urbis IV.

Segundo a secretária da Educação de Itabuna, Dinalva Melo do Nascimento, as intervenções foram planejadas conforme o diagnóstico situacional da Rede Pública Municipal de Ensino e as demandas apresentadas pela comunidade escolar. Ela destaca que há mais de oito anos algumas das escolas agora reformadas não passavam por nenhum tipo de serviço de manutenção e conservação.

“O governo municipal compreende que a oferta de uma escola mais aconchegante para alunos e a equipe de educadores, além de tornar mais prazeroso o ambiente escolar, estimula à melhor atuação dos professores e, conseqüentemente, na melhoria da qualidade do ensino e do desempenho dos estudantes”, frisou a secretária Dinalva Melo.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *