Funcionalismo baiano para nesta quarta-feira (02/04)

trrtytyy.jpg

Do Itabuna Urgente – Em assembleia realizada na última sexta-feira (28), em Salvador, sindicatos de setores do funcionalismo público decidiram paralisar as atividades mais uma vez. A paralisação será nesta quarta (02) e deve atingir praticamente todos os órgãos estaduais, como a UESC, hospitais, judiciário. Em colégios estaduais da capital e interior, por exemplo, 45 mil professores vão cruzar os braços. Na UESC, os docentes apoiam o movimento, mas não vão aderir à paralisação.

No entanto, os servidores administrativos prometem para os trabalhos durante todo o dia. No encontro da última semana, segundo a Central dos Trabalhadores do Brasil, que lidera o movimento, participaram representantes da FETRAB, da Associação dos Funcionários Públicos, da CTB, do Poder Judiciário (SINPOJUD), em educação (APLB), da saúde (SINDSAÚDE-BA), da Polícia Civil (SINDPOC), do sistema penitenciário (SINSPEB), dos analistas técnicos (ATEBA), dos técnicos da UNEB (SINTEST-UNEB), do IRDEB (SINTERP), dos fiscais (ASSERF e AFA) da Polícia Militar (ASPOL e Associação dos PMs da Reserva), dos fazendários (SINDSEFAZ), dos servidores do DERBA (ASDERBA) e dos funcionários do IPAC (ASFI).

Em comunicado, a entidade afirmou que os trabalhadores “estão dispostos a ir para enfrentamento na luta pelo reajuste linear retroativo à data-base, em janeiro, e pelo pagamento da URV”. Esses pontos são os principais de uma extensa pauta de reivindicação.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *