INSS: Justiça destina R$ 447 milhões para pagamento de aposentados e pensionistas

Justiça determina pagamento de R$ 447 mi. Em São Paulo, cada ação renderá, em média, R$ 10.371,74. O CJF (Conselho da Justiça Federal) liberou nesta segunda-feira R$ 447 milhões para o pagamento das ações de revisão de benefícios de 63.583 aposentados e pensionistas do INSS. O valor liberado refere-se aos atrasados, que é a diferença da revisão acumulada nos últimos cinco anos. As ações de revisão das aposentadorias e pensões foram julgadas pelos TRFs (Tribunais Regionais Federais) e o INSS não tem mais chance de recorrer da decisão. O crédito será liberado no dia 10 de agosto e pode chegar a R$ 40.680, ou seja, 60 salários mínimos que é o teto de pagamento dos TRFs. Os segurados que moram em São Paulo ou no Mato Grosso do Sul tiveram o processo julgado no TRF-3 (da 3ª região), cujo total de recursos liberados foi de R$ 114,9 milhões para 11.086 aposentados e pensionistas. Em média, cada ação deve receber cerca de R$ 10.371,74. Os valores foram liberados por meio de RPV (Requisição de Pequeno Valor) e o segurado pode conferir no site do TRF-3 se a ação será paga no mês que vem.  No site do tribunal, o aposentado deve consultar o link  Informações Processuais da ação para conferir a data do pedido do pagamento por meio de RPV. As ações que serão pagas em agosto tiveram o pedido da RPV feito no mês de junho. O aposentado vai receber o dinheiro em uma conta nominal no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal.

Precatórios/ Alguns segurados, quando a ação foi julgada, tinham direito a um valor superior a R$ 40.680 em atrasados. Quando isto ocorre, o  aposentado tem a opção de abrir mão da diferença ou receber tudo em precatórios. O pagamento em precatórios será em 2015, com juros. (Voz da Bahia)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.