ITABUNA CONCLUI MAIS UMA ETAPA DO PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO

Brasil alfabetizado Foto Divulgação.jpg

A Secretaria da Educação (SEC) de Itabuna conclui neste mês mais uma etapa do Programa Brasil Alfabetizado (PBA) com a certificação de alfabetizados, alfabetizadores e coordenadores, bem como com o encaminhamento dos alunos às escolas da Rede Pública Municipal de Ensino para que possam dar continuidade aos estudos efetivando matricula no Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja). Nesta etapa dos mais de 650 matriculados quase 50% concluíram o processo de alfabetização que teve a duração de oito meses.

A certificação dos alfabetizadores e coordenadores está programada para as 16 horas de sexta-feira, 9, durante solenidade no Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (Imeam). Já a entrega dos certificados aos que foram alfabetizados acontecerá no período de 12 a 15 de maio nos espaços alfabetizadores, que funcionaram em diversos locais no setor urbano e rural do município.

Paralelo à conclusão de um ciclo alfabetizador, a coordenação do PBA em Itabuna está preparando para o mês de julho o início de uma nova etapa do Programa, cuja previsão é alfabetizar 1.200 jovens, adultos e idosos. De acordo com a gestora municipal do Programa Brasil Alfabetizado, Maria Cristina Batista de Menezes, a iniciativa é executada com recursos do governo federal em parceria com a Prefeitura e tem foco na redução dos índices de analfabetismo.

Para efetivar o Programa Brasil Alfabetizado no município, a prefeitura também mantém parceria com diversas instituições, a exemplo de igrejas, associações e entidades assistenciais que cedem espaços para a realização dos encontros de alfabetização.

No último dia 23, antecedendo a agenda de certificações, a Secretaria da Educação realizou na União dos Servidores Municipais de Itabuna (Usemi), o evento cultural intitulado “Alfabetização Popular: Valorização, Conquistas e Desafios no Programa Brasil Alfabetizado”. O evento objetivou, segundo Cristina Miranda, refletir sobre as ações alfabetizadoras no contexto municipal, a partir da socialização de experiências enriquecedoras focadas na leitura, na escrita e no direito de aprender de cada alfabetizando.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *