Itabuna: Lideranças de bairro se reuniram para conhecer projeto de combate à dengue

Com o objetivo de tornar as lideranças de bairros mobilizadores sociais do projeto de prevenção e combate a dengue, a Secretaria de Saúde reuniu na manhã desta quarta-feira, representantes das associações de moradores dos bairros de Itabuna. O encontro, ocorrido no Departamento de Vigilância Epidemiológica, marcou também a reestruturação do projeto do governo do Estado para mobilização social contra dengue.

As lideranças de bairros foram reunidas para conhecer o projeto, apresentar detalhes de suas comunidades e iniciar uma participação ativa como mobilizadores nos bairros, colaborando na parte educativa e prática do processo de controle da proliferação do mosquito.

Edileide Lima, assistente social da Fundação Luis Eduardo Magalhães (FLEM) que presta assessoria técnica e operacional ao projeto, conta que o objetivo principal do encontro é resgatar os articuladores. “Eles são a peça fundamental do projeto. O momento é de retomar e apresentar explicações sobre a reestruturação do projeto e a importância da participação popular”. Edileide afirmou que sem os articuladores dos bairros é muito difícil fazer a prevenção e o controle da dengue. A assistente social da FLEM adiantou que o próximo passo do projeto é fazer um cronograma de reuniões para os 13 bairros de Itabuna e a partir daí traçar ações junto com a comunidade envolvida.

As lideranças foram alertadas pelos técnicos da FLEM de que mais de 90% dos criadouros do mosquito da dengue são nos domicílios, por isso é preciso ter cuidado no armazenamento da água. Além do cuidado com a água limpa parada, foi destacada a mudança de comportamento do mosquito. “Ele não tem mais a água limpa como principal veiculo de manutenção do seu ciclo de vida. Hoje o mosquito também coloca seus ovos em água poluída. Não com água corrente, mas se tiver parada pode virar um foco” explicou Samuel Carvalho, biólogo da FLEM, que esclareceu também a mudança na atividade do mosquito, que agora é tanto diurna quanto noturna.

Raimundo Souza, presidente da associação de moradores do bairro Califórnia, garantiu apoio ao projeto. “Me comprometi a ajudar e me engajar nessa luta contra dengue”. Ele disse que vai mobilizar a comunidade e fazer um chamado para que todos colaborem com a ação da Secretaria. “É um projeto muito bom, que vai alavancar a saúde em Itabuna, já que a dengue é nosso maior problema”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.