‘Máfia dos contracheques’ pode ter desviado até R$ 5 milhões da prefeitura de Itabuna

O relatório final da auditoria realizada no setor de Recursos Humanos da prefeitura de Itabuna, que investigou supersalários de servidores, será enviado ainda esta semana para a Procuradoria Jurídica do Município e Ministério Público. Segundo o blog Políticos do Sul da Bahia, a auditoria, que abrangeu o período entre 2006 e 2012, chegou a identificar casos de pessoas que deveriam ganhar um salário mínimo, mas chegavam a receber valores 10 a 15 vezes maiores. Calcula-se que a “máfia dos contracheques” tenha desviado cerca de R$ 5 milhões da prefeitura. A Procuradoria Jurídica realizará o processo administrativo e, comprovada a culpabilidade, os acusados serão demitidos. Já o Ministério Público instaurará uma investigação criminal, o que pode resultar em prisão dos envolvidos. BN

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *