Moradores de rua terão atendimento especializado

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Itabuna anuncia para o mês de maio a entrega à comunidade do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua – Centro POP, destinado ao atendimento de moradores de rua. Operários trabalham em ritmo acelerado para a conclusão das obras de reforma do prédio, instalado na Praça Santo Antônio, 67, no centro da cidade.

O secretário municipal de Assistência Social, José Carlos Trindade, adiantou que 16 profissionais multidisciplinares já foram treinados e estão prontos para o atendimento à população em situação de risco social. Entre eles estão psicólogos, assistentes sociais, advogados, oficineiros e uma equipe de abordagem de rua.

O secretário informou que, quando o Centro POP estiver em funcionamento, vai oferecer alimentação, assistência médica e terapêutica, atividades sociais, recreativas e educativas e oficinas profissionalizantes. Trindade disse que a unidade foi criada não apenas para prestar assistência nas diversas áreas, “mas, principalmente no sentido de trabalhar o cidadão morador de rua, para que ele possa ser reintegrado ao seio familiar e à comunidade”.

O titular da SAS diz ainda que o fenômeno social da população de rua não pode ser ignorado pela sociedade. “Ele existe e essa população tem crescido junto com a violência. Portanto, é fundamental e importante que o município promova ações efetivas para atender a demanda, como a que será executada pelo Centro POP”, destacou José Carlos Trindade.

De acordo com levantamento feito pela Prefeitura no início do ano, em Itabuna existem mais de 100 moradores de rua permanentes e igual número na chamada população flutuante. Trindade explicou que essas pessoas normalmente vêm à procura de familiares ou de emprego e quando não encontram, ficam impossibilitados de retornar às cidades de origem. “O Centro POP vai tentar resgatar essas pessoas com uma ampla assistência que inclui, além de alimentação, atenção psicossocial e educativa, o encaminhamento para a retirada de documentos se houver necessidade”.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *