PASSEATA CONTRA ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL MOBILIZA SOCIEDADE DE ITABUNA

A mobilização da sociedade pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes aconteceu nesta sexta-feira, em passeata pelo Centro de Itabuna. A ação foi promovida pela Prefeitura com o objetivo de alertar as pessoas, incentivar denúncias, informar sobre as ações de assistência e amparo realizadas pela Secretaria da Assistência Social (SAS) e celebrar a campanha, que oficialmente transcorre no dia 18 no Brasil.

Segundo dados estatísticos da Secretaria da Assistência Social, mensalmente cerca de 60 denúncias de abuso de crianças e adolescentes acontecem no município. Esse número se refere a casos que são denunciados na SAS, por intermédio dos centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

Com o tema “Esquecer é Permitir, Lembrar é Combater” a passeata percorreu a Avenida do Cinquentenário chamando a atenção da sociedade sobre a gravidade do assunto. O titular da SAS, José Carlos Trindade, garantiu que a ação, que faz parte do planejamento anual da Prefeitura, é mobilizar a sociedade contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

“Esse tema é uma vertente no Brasil com denúncias diárias. A Polícia faz o combate, a Secretaria da Assistência Social realiza o atendimento e tratamento psicológico de crianças abusadas, através do Centro de Referencia Especializado de Assistência Social (CREAS). Mas é preciso o engajamento de todos”, afirma.

Para a diretora da Divisão de Proteção Social Especial I, Carla Midlej “esse é um dia em que vamos às ruas para chamar a atenção da comunidade. Queremos que as pessoas tenham consciência que podem denunciar e que existe sigilo para garantir a segurança da denúncia anônima”, alerta, acrescentando que a omissão pode ser responsabilizada pelos ataques a crianças e adolescentes, inclusive dentro de casa.

Além da caminhada, foram distribuídos panfletos e apresentadas coreografias artísticas de crianças da Fundação Marimbeta. Para o diretor d Proteção Social Básica da SAS, Ricardo Santana, essa ação da Prefeitura fortalece e estimula adolescentes, mães, familiares, amigos e até conhecidos ou desconhecidos a denunciar. “Estamos não só fazendo o trabalho de fortalecimento da denúncia, mas mostrando o acompanhamento direto com profissionais capacitados para a prevenção e manutenção da integração social da criança que foi vítima de abuso”, afirma

Para o comerciário Maurício Santos, é importante a cidade participar de uma manifestação nacional. “Eu não conhecia a data. Mas, é muito importante ressaltar esse assunto que infelizmente faz parte da parte triste da realidade do nosso país”, destaca.

Para José Carlos Trindade o importante é que a sociedade esteja presente, que participe, não só das manifestações, mas que faça a denúncia quando se tiver um caso de abuso ou exploração sexual de crianças e adolescentes. “É necessário informar e denunciar esses casos. Os telefones estão disponíveis 24 horas por dia. Vamos garantir às crianças uma condição de vida satisfatória, com uma infância digna”, finaliza.

A mobilização contou com a presença de Alunos da Escola Vitória Régia, Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), Associação Grapiúna do Paraplégico (AGP), Ministério Público Estadual, Fundação Marimbeta, Centro de Referencia Especializado de Assistência Social, Amigos das Crianças, Núcleo Cuidar e Acolher.

Disque Denúncia:

Polícia Militar: 190

Polícia Civil: 197

Conselho Tutelar: (73) 3215-6030

CREAS: (73) 3613-4541

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *