Piligra: Ao Clube dos Poetas do Sul da Bahia

Há um local feito de palavra e fantasia,
Casa simbólica de um tempo imaginário,
Terreno fértil da mais lírica alegria,
Templo sagrado de um poema originário…

Neste lugar cada poeta é um operário,
Senhor supremo do que encanta e contagia,
Mestre da letra que alimenta o dicionário,
Homem que brinca e ergue do chão a poesia…

Há um local feito de paz, verso e compaixão,
Um clube aberto para amantes da leitura;
Uma metáfora, edifício da emoção,
Espaço vivo para a boa literatura!

– Neste lugar cada poeta é cidadão,
Filho que vela na palavra a sua cultura!

Piligra, poeta e professor da UESC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.