PREFEITURA DE ITABUNA E BOMBEIROS AVALIAM ÁREAS PARA A VENDA DE FOGOS

fogos.jpg

Até sexta-feira (28) a Prefeitura de Itabuna e o Corpo de Bombeiros indicarão a área onde serão montadas as barracas para comercialização de fogos de artifícios. O objetivo é garantir segurança na compra e venda dos fogos, que serão comercializados no período de 8 de março até 20 de julho. Este ano o movimento do setor deve crescer, porque além do São João este ano acontecerá a Copa do Mundo. Sete empresas buscam autorização para vender fogos no espaço definido pela Prefeitura.

Estão sendo analisadas áreas como o terreno ao lado do Centro Administrativo Firmino Alves, na Avenida Princesa Isabel, e no prolongamento da Avenida Manoel Chaves, em direção ao bairro Pedro Jorge. A Secretaria da Indústria, Comércio e Turismo acompanha a análise do Corpo de Bombeiros e vai avaliar o cumprimento dos itens de segurança para fornecer alvará de funcionamento às barracas e fiscalizar a venda posterior.

O secretário da Indústria, Comércio e Turismo, José Humberto Martins, explica que a maior preocupação da Prefeitura é manter a segurança dos trabalhadores e compradores e garantir a manutenção da tradição popular. “A comercialização só será liberada quando todas as exigências e itens de segurança determinados pelo Corpo de Bombeiros forem cumpridos”, afirmou o secretário.

CUIDADOS COM AS CRIANÇAS

O comandante do Corpo de Bombeiros de Itabuna, Major Neiva, lembrou a importância de os comerciantes escolherem fogos de boa procedência e seguir as normas contra incêndio e pânico, a exemplo de extintores, plano de emergência e distância de cinco metros entre as barracas. “É importante nunca deixar crianças comprarem fogos, bem como acompanhá-las no momento de utilização. Os fogos nunca devem ser transportados nos bolsos das roupas, em bolsas próximas ao corpo ou porta-malas de carros. As sacolas e ambientes arejados são essenciais para o transporte seguro”, orientou.

Um dos comerciantes de fogos mais tradicionais da cidade, Marcos Wense, disse que para este ano a expectativa de venda é muito boa. “As vendas devem crescer porque além do São João temos a Copa do Mundo. Se o Brasil seguir até as fases finais dos jogos será ótimo”, explicou Marcos comentando que esta é uma tradição de família, passada de pai para filho, que tendo o apoio da Prefeitura e dos Bombeiros será mantida com toda segurança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.