Projetos e Redes de Apoio auxiliam no tratamento de pacientes no Hospital Manoel Novaes

Ações de cunho social e humanitárias que abrangem não somente o paciente, mas também familiares e colaboradores se fazem presente na rotina da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna (SCMI). No Hospital Manoel Novaes (HMN), por exemplo, projetos e programas que comprovadamente se caracterizam como terapêuticos tem feito toda a diferença, auxiliando no tratamento dos pacientes que estão internados na unidade hospitalar.

O “Amigo do Riso” é um dos projetos realizados de forma permanente com o objetivo de resgatar a autoestima dos pacientes por meio da alegria e do bom humor. “Este é um dos projetos que colaboram para a propagação do conceito de humanização hospitalar, na tentativa de contribuir de forma terapêutica para recuperação da saúde com ênfase na saúde emocional”, comentou a gerente de enfermagem Adriana Cardoso.

Os grupos que participam deste projeto participam constantemente de capacitações que abordam as normas e rotinas do hospital, principalmente com ênfase nas ações da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH). Já a “Brinquedoteca”, é usada como um espaço de valorização da saúde, do brincar, da socialização e também da cidadania, contribuindo como medida terapêutica eficaz. Vale ressaltar que a Unidade de Oncologia Pediátrica também possui uma Brinquedoteca específica para as crianças internadas na ala oncológica.

Também é realizado na unidade hospitalar o projeto “Humaniza Neo”, com a finalidade de integrar os familiares das crianças internadas na UTI Neonatal e equipe multiprofissional. O objetivo é contribuir com o desenvolvimento psicoafetivo e harmonioso dos pequeninos. Já o projeto “Classe Hospitalar” foi criado com o objetivo de assegurar a manutenção dos vínculos escolares enquanto as crianças estiverem internadas.

Como consequência, devolve a criança para sua escola de origem com a certeza de que ela poderá ser reintegrada sem prejuízo intelectual por conta do seu afastamento temporário. Por fim, o projeto “Doulas” que oportuniza condições de atenção à mulher e a família em todas as interfaces do parto e nascimento, com apoio físico e emocional. Devidamente capacitadas, acadêmicas de vários cursos da área de saúde são as voluntárias responsáveis pela execução do projeto.

Para o provedor Eric Ettinger, toda ação que resulta em benefícios para a saúde dos pacientes é incentivada para que seja realizada em todo o Complexo Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. “Faz parte da nossa missão promover assistência à saúde humanizada e com qualidade”, finalizou.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *