SECRETARIA DE SAÚDE DE ITABUNA PROMOVE TREINAMENTO EM VACINAÇÃO

A aplicação correta das vacinas, além de influenciar no resultado, garante a saúde dos cidadãos. Por isso, a importância da boa prática de quem aplica doses de vacina. Esse e outros temas relacionados estarão em discussão num curso de atualização promovido pelo Departamento de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, tendo como público alvo enfermeiros e técnicos em enfermagem da rede pública de saúde de Itabuna.

Secretaria de Saúde capacita pessoal de enfermagem em vacinação  - Foto Pedro Augusto
Secretaria de Saúde capacita pessoal de enfermagem em vacinação

O treinamento, uma parceria do município com a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) e Unime, correrá nos próximos dias 11,15 e 18 no 2º pavimento do prédio da FTC entre as 13 e 17 horas e será ministrado pela coordenadora estadual de vacinação da Secretaria de Saúde da Bahia Dina Lúcia Almeida. Ela também vai abordar sobre o atendimento ao calendário de vacinação para crianças, jovem e idoso e ainda sobre o novo Sistema de Informatização do Programa Nacional de Imunização – SI-PNI, que deverá ser implantado nas 33 salas de vacinação do município.

A coordenadora de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Gracilene Dias, explicou que uma boa resposta vacinal depende da qualidade da vacina, da resposta imune do público alvo e do processo de vacinação. "O desempenho de um programa de imunizações deve ser eficiente e eficaz, o que envolve uma série de detalhes que começa com a organização, a seleção da estratégia de vacinação apropriada e o envolvimento da comunidade nesse processo", disse.

Gracilene DiasGracilene Dias

A coordenadora adianta que Itabuna tem boa experiência nesse sentido, ao destacar que na última campanha de imunização contra a gripe H1N1, por exemplo, o município conseguiu ultrapassar 80% do percentual da meta estipulada pelo Ministério da Saúde, conforme dados divulgados recentemente pelo Serviço de Informação do DATASUS.

O bom resultado da campanha, segundo Gracilene, só foi possível em função da organização que foi elaborada e coordenada pelo secretário municipal de Saúde, Paulo Bicalho, com a participação de toda uma equipe de apoio e de voluntários. "Mas é importante a atualização sobre temas relevantes que incluem ainda procedimentos específicos para a administração de vacinas, o destino final das sobras e até a coleta do lixo da sala de vacinação", complementou a coordenadora.

_______________

Prefeitura de Itabuna

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.