Secretaria Estadual eleva poder de fiscalização ambiental de Itabuna

A Prefeitura de Itabuna ganhou autonomia para exercer a fiscalização ambiental nas empresas de médio porte estabelecidas no município. A autorização foi publicada no Diário Oficial do Estado pela Secretaria Estadual de Agricultura e Meio Ambiente e eleva de dois para três o nível de licenciamento ambiental.

Com isso, o município passa a ter controle dos impactos ambientais que alguma empresa venha causar, conforme informou o diretor do Departamento de Licenciamento e Fiscalização da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente (Seagrima), engenheiro ambiental Daniel José dos Santos.

Segundo o diretor, a autorização atendeu à solicitação feita no inicio do ano pela Prefeitura após a reestruturação da Seagrima que ganhou novos equipamentos a exemplo de GPS e decibilímetro. Além disso, também fez a contração de profissionais de engenharia ambiental e administração para o setor.

Daniel disse que está foi uma conquista necessária ao município que visualiza um novo momento histórico não apenas pela chegada Universidade Federal do Sul da Bahia – UFSB, como também porque novas empresas demonstram interesse em aqui se instalar. “São compromissos assumidos pelo prefeito Claudevane Leite que começam a ser cumpridos e farão diferença social, econômica e cultural em nossa região”, sentencia.

Daniel explicou que a elevação de Itabuna ao nível III também permitirá ao município exercer o controle necessário às atividades humanas que interferem nas condições ambientais, buscando conciliar o desenvolvimento econômico com os recursos naturais. “As leis referentes ao licenciamento ambiental garantem a proteção do meio ambiente e o combate a poluição em qualquer de suas formas, além de assegurar a preservação das florestas, fauna e flora”, segundo o diretor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.