SIMPI publica nota sobre fim da greve dos professores

Após uma série de mobilizações realizadas pelo SIMPI junto a sua categoria de Professores Municipais, bem como a manutenção da greve sustentada por 90% da categoria, além da derrota de liminar sofrida pela Procuradoria Municipal no Tribunal de Justiça, o Governo resolveu reabrir a mesa de negociação e propor novo reajuste de 10% (parcelado) aos educadores municipais.

A nova rodada de negociação teve início na manhã desta segunda (10/06), após uma vigília realizada pelos Professores na Porta da Prefeitura. A assentada que começou por volta das 9h perdurou até às 16h do dia de hoje. Entre discussões e avaliações de tabelas com valores do repasse Federal, o Governo chegou ao valor de 10%, querendo condicioná-lo às previsões do Fundeb.

Na ocasião, o sindicato se mostrou contrário e disse que as propostas deveriam ser isentas de qualquer condicionamento. Dessa forma, a categoria teve um segundo avanço, sendo que o primeiro foi de 5,57% para 7,97% e agora, de 7,97% para 10%. Infelizmente os 10% não virão tão brilhante quanto a legenda que o atual Prefeito utilizou para se eleger, pois o Governo parcelou os valores em 5,57% retroativo a abril (parcelado), 2,22% para outubro e 2,21% novembro.

A categoria que lutava pelos 15% (valor concedido pelo último Governo), em respeito à sociedade e aos 20 mil alunos, deliberou pelo retorno das atividades. A audiência de conciliação que aconteceria na manhã da próxima quarta será cancelada, visto que o impasse existente fora solucionado. Para a Presidente do SIMPI, a categoria está de parabéns, ainda que não tenha atingido o percentual pretendido. “Nós fizemos um movimento bonito e uma greve pacífica. A sociedade esteve ao nosso lado e por isso voltaremos às nossas atividades docentes. Além do mais, nossa categoria merecidamente foi a que atingiu o reajuste mais alto dentro da servidão municipal”, finaliza Norma Guimarães. A categoria irá realizar às 15h de amanhã mais uma caminhada para agradecer a população e à imprensa de Itabuna pelo apoio durante a Greve.

Fonte: Ascom SIMPI

Texto e Foto: Jeremias Barreto

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *