Sopão gratuito continua para famílias carentes em Itabuna

Mais de 300 famílias das comunidades Vila da Paz, na rodovia Ilhéus-Itabuna, e do assentamento 7 de Setembro, na BR-101, estão sendo atendidas pelo Programa Nossa Sopa, uma iniciativa da Secretaria da Assistência Social (SAS) da Prefeitura de Itabuna em parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia, para garantir uma alimentação nutricional e de qualidade às pessoas carentes previamente cadastradas no município. A distribuição do alimento é feita sempre no final de tarde por uma equipe de profissionais da SAS.

De acordo com o cronograma de distribuição da SAS, as famílias recebem 400 ml do sopão para cada membro em dias alternados. A Vila da Paz, por exemplo, tem o alimento garantido nos dias impares de cada mês. Já os moradores do assentamento 7 de Setembro são beneficiados nos dias pares.

O secretário da Assistência Social, José Carlos Trindade, lembra que as famílias atendidas pelo Programa Nossa Sopa são pessoas em vulnerabilidade social que necessitam do apoio do poder público e do amparo social para suprir suas deficiências de alimentação. A proposta do prefeito Claudevane Leite, segundo ele, é que novas famílias sejam incluídas no programa, a exemplo dos moradores do bairro Nova Califórnia.

A diretora do Departamento de Proteção Especial da SAS, Carla Silveira Midlej, explica que, antes de ser inserida no programa Nossa Sopa, as famílias passaram por uma avaliação biométrica (pesagem e medida) visando analisar o estado de nutrição de cada integrante. Segundo há necessidade da complementação alimentar, porque a cada de seis meses os beneficiados passam por uma nova avaliação feita por nutricionistas da Secretaria de Assistência Social.

O Programa Nossa Sopa foi lançado em Itabuna no mês passado por meio da parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), tendo como principal objetivo o combater à fome e a desnutrição da população carente. Carla diz que a Empresa Baiana de Alimentos (Ebal) é a responsável pela aquisição e operacionalização da entrega do produto, enquanto a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes) repassa recursos financeiros para a aquisição e distribuição do produto, bem como o acompanha o convênio com os municípios e instituições participantes.

A sopa é preparada na cozinha da SAS, mobilizando nutricionistas, assistentes sociais, além de cozinheiras. O preparo inclui produtos desidratados em diversos sabores a exemplo de galinha com macarrão e legumes, carne com arroz e legumes, feijão com macarrão e carne com macarrão e legumes.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *