SSP define esquema de segurança para as eleições de domingo

titulo_de_elitor.jpg

A Secretaria da Segurança Pública da Bahia montou um esquema especial para garantir que os 10 milhões de cidadãos baianos exerçam o seu direito de voto com tranquilidade no próximo domingo (5). Aproximadamente 29 mil policiais, entre militares, civis e do Departamento de Polícia Técnica, além do Corpo de Bombeiros, atuarão a partir de quinta-feira (2), até 6 de outubro, em todo o estado. Além da fiscalização das zonas eleitorais, eles vão combater ações de compra de votos, boca de urna, transporte ilegal de eleitores, entre outros crimes. O investimento total nessa megaoperação é de R$ 4,5 milhões.

O Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICC), equipamento moderno que integra instituições de segurança federais, estaduais e municipais, também será utilizado. As imagens dos principais colégios eleitorais de Salvador, Região Metropolitana e do interior baiano serão monitoradas e de lá serão tomadas decisões, caso haja necessidade. Os CICCs móveis (caminhões adaptados com estrutura semelhante ao do centro principal) auxiliarão no monitoramento.

A Polícia Militar também realizará a escolta das urnas eleitorais até os locais de votação e a guarda das mesmas até o início dos trabalhos eleitorais pelos presidentes das mesas receptoras.

“Nosso objetivo é repetir o êxito do policiamento oferecido nas eleições municipais, ocorridas em 2012”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa. Acrescentou que a integração entre as forças de segurança, aliada aos recursos tecnológicos, vai permitir o trabalho ainda melhor da polícia baiana. “Ficamos com a nota máxima em termos de segurança durante a Copa e repetiremos a excelência nas eleições”, declarou. As pessoas presas praticando crime eleitoral serão encaminhadas para unidades da Polícia Federal.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *