Tilson Nunes conclama membros para ações no combate à dengue

O Comitê Municipal de Acompanhamento e Assessoramento das Ações de Controle da Dengue em Itabuna foi empossado no mês de junho e desde então busca incentivar a mobilização e promover a conscientização da comunidade contra a doença. O Comitê é composto por 27 representantes de instituições itabunenses e se constitui como ferramenta importante na discussão e elaboração das ações para o combate aos focos da dengue. No entanto, a diretoria alerta para o maior envolvimento dos participantes nas reuniões.

O presidente do Comitê, enfermeiro da Vigilância Epidemiológica Tilson Nunes Mota, fez um chamamento para que todos compareçam às reuniões. “Ainda que os números de casos estejam caindo é preciso atentar para o combate à dengue”. Da mesma maneira comentou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Itana Miranda, que explicou o fato de a dengue ser uma doença sazonal. Sendo assim quanto mais a temperatura aumentar, maior o cuidado que se deve ter com os focos do mosquito.

Em reunião do Comitê na tarde de quarta-feira, 4, no auditório da Vigilância Epidemiológica, na Avenida Manoel Chaves, no bairro São Caetano, o coordenador de combat e a Endemias, Renato Freitas, afirmou que “nessa época de mudança de estação há o aumento de temperatura, as pessoas passam a usar roupas com menos tecido e isso as expõe mais ao ataque do mosquito”.

O coordenador apresentou os dados do primeiro, segundo e terceiro ciclos da mobilização. Ele esclareceu que apesar de a situação epidemiológica de Itabuna ter um histórico de redução dos casos sempre será necessário o alerta para manter os cuidados básicos. A diretoria do Comitê de combate a dengue já planeja ações e mobilização para os próximos meses. Até o fim de setembro nova reunião será realizada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.