Vítimas de chuva recebem ajuda do MPT de quase R$ 90 mil

As ações desenvolvidas pela Prefeitura de Itabuna em socorro às vitimas das cheias de novembro do ano passado ganharam reforço nesta semana com o repasse de R$ 87.457,50 pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), por intermédio da Procuradoria do Trabalho no Município. O recurso financeiro é decorrente de multas às empresas, com base na legislação, aplicadas pela Justiça após processos judiciais.

A cooperação financeira foi comunicada pelo procurador do trabalho Ilan Fonseca de Souza ao procurador geral do Município, Harrison Ferreira Leite, que saudou a iniciativa da representação do Ministério Público do Trabalho como pioneira. “É uma ajuda importante aos esforços que a Prefeitura, através da Comissão de Defesa Civil e das secretarias da Assistência Social, do Desenvolvimento Urbano e da Saúde vem desenvolvendo”, afirmou o procurador.

Atualmente cerca de 270 famílias vem recebendo auxilio aluguel que está sendo pela Prefeitura desde o mês de dezembro, após as cheias do Riacho Água Branca, que causou estragos em moradias dos bairros São Roque, Caixa d’Água, Santa Inês e Monte Cristo e deslizamentos de terra e das cheia do Rio Cachoeira, nos bairros Daniel Gomes, Maria Pinheiro e Maria Mattos. O município aguarda a liberação de mais recursos pela Secretaria Nacional da Defesa Civil, que reconheceu o decreto de emergência assinado pelo prefeito Claudevane Leite.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *