Yara Baracho – artesã do BF tem vida de dedicação ao biscuit

A professora Yara Regina Baracho tem uma relação de amor com o artesanato há 10 anos. Ela relata que ainda na infância, descobriu o prazer de trabalhar com trabalhos manuais, e começou na profissão apenas por curiosidade. A artesã, já produziu milhares de peças. São principalmente obras de decoração em geral, quarto para crianças, peças para cozinha, lembranças, além das peças por encomenda. “Já trabalhei em outras coisas, mas hoje me dedico 100% a esse trabalho”, afirma Yara enquanto sorri e aponta centenas de obras bem dispostas em um grande expositor.

O perfeccionismo de Yara está embutido em cada uma das peças, independente do tamanho e dos materiais usados. “O biscuit é o que mais gosto de fazer, mesmo que demore mais. É algo que me acalma e me dá muito prazer”, frisa a artesã que encara a atividade não apenas como uma liturgia diária, mas um fazer artístico que a cada dia dá novo fôlego a vida.

De acordo com Yara, todo artista deve ter um estilo próprio, mas a máxima é sempre a busca pela perfeição, algo que pode até mesmo partir do uso das cores que devem estar sempre vinculadas ao tema. “Gosto de produzir obras relacionadas ao universo infantil. Por isso, adoro criar bonecas, portas de maternidade, porta-fraldas, abajours, lixeiras, potes, saboneteiras e quadros”, acrescenta.

Para ela, o biscuit tem várias vantagens, sobre outros trabalhos. “ O biscuit é fácil e tem um baixo custo para se fazer, isso tona-o superior a outros tipos de trabalhos manuais.” E ainda acrescenta. “É muito importante que a pessoa tenha paciência e habilidade para poder trabalhar com a modelagem” ressalta.

Com a experiência adquirida e especializações, a artesã decidiu dar aulas. “Ensino biscuit para turmas pequenas, com no máximo cinco pessoas. A faixa etária é bem diversificada”, reitera. “Mas nem tudo precisa ser comprado. Podemos usar qualquer coisa que tenha uma boa forma geométrica, como tampinhas, tubos de PVC, toalhinhas de plástico, pedaços de tapete de carro, latas e frascos de vidro”, exemplifica Yara. Se tratando de biscuit, há uma infinidade de objetos que em vez de irem para o lixo podem ser transformados em belas peças de apreciação, sejam funcionais ou decorativas.

Há 7 anos com um ateliê, Biscuit e Cia, na Rua São Francisco, 110 a, no Bairro de Fátima vende materiais para a confecção de biscuit. Yara Baracho se diz realizada com os trabalhos manuais.  O telefone para contato, para maiores informações sobre o trabalho da artesã (73) 3211-4412. Veja fotos do trabalho aqui.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *