ZONA AZUL FAZ ALTERAÇÕES PARA MELHORAR ATENDIMENTO AO USUÁRIO

Zona azul Wilson Oliveira.jpg

Com a volta dos serviços zona azul desde o dia 9, a Dom Parking, que é a empresa responsável pela operacionalização do estacionamento rotativo em Itabuna, voltou às ruas do centro com algumas alterações na prestação de serviços, que já agradam aos usuários. Entre as mudanças, está a suspensão temporária, seguindo orientação expressa do prefeito Claudevane Leite, da taxa cobrada do usuário que estacionava sem pagar previamente o valor do estacionamento. Antes, quem usasse uma vaga e não fizesse pagamento, teria que adquirir o equivalente a dez horas de estacionamento, no valor de R$ 15, o que acabou gerando algumas reclamações.

A empresa também decidiu aumentar o número de pontos de cadastramento e venda de tickets, que já são 15 espalhados pelas áreas onde funciona a Zona Azul. Além disso, a Dom Parking anuncia um ponto de vendas móvel, que percorrerá o centro da cidade, facilitando a vida dos usuários do sistema. Todas as medidas visam melhorar um serviço que foi aprovado pela população. Dados da Prefeitura de Itabuna mostram que mais 65% dos usuários aprovaram a Zona Azul, porque, segundo a maioria das pessoas ouvidas, ajuda a organizar o trânsito e democratiza o uso das vagas de estacionamento, o que é bom para consumidores, visitantes e para o comércio.

O sistema implantado pela empresa que tem a concessão do serviço da organização, oferece aos usuários mais comodidade do que o antigo sistema de bilhetagem manual, seja pelas diversas formas de utilização dos créditos de estacionamento, quanto pela facilidade em utilizá-los. A pessoa pode adquirir quantos créditos quiser antecipadamente por meio de um aplicativo para smartphones, tablets ou computadores, ou ainda por meio do site minhavaga.com.br, onde pode fazer o cadastro e comprar tickets. Também pode adquirir da mão dos agentes, que atuam se movimentando pelas diversas áreas e são 30 em cada turno.

Com o aplicativo o motorista fica sabendo, por exemplo, onde há vagas disponíveis, incluindo a localização da área em que se encontra o agente da empresa encarregado de confirmar ao pagamento e dar orientações. Os usuários que não possuem acesso às tecnologias da informação – computador, notebook, tablet, smartphone, etc. – e não tem como acessar o aplicativo podem se dirigir aos monitores nas ruas ou a um dos 15 postos credenciados que estão habilitados para aquisição do ticket ou recarga ou ainda a sede na empresa na Rua Miguel Calmon, 21, Centro.

Agentes da zona azul operam nas áreas centrais de Itabuna – Foto Wilson Oliveira 2
Agentes da zona azul operam nas áreas centrais de Itabuna

Para facilitar ao usuário entender o tempo de permanência nas vagas a empresa subdividiu as áreas em cores. Na área azul, o motorista poderá permanecer até duas horas consecutivas, pagando apenas pelo tempo que usar. Se ficar parado 15 minutos pagará apenas por esse tempo, mantendo o crédito para usar no mesmo dia ou quando voltar. Os créditos não têm prazo de validade. Na área branca, os usuários podem estacionar até 5 horas consecutivas. A área verde foi destinada exclusivamente para moradores do Centro, que deverão procurar a empresa para cadastro do veículo.

O secretário de Transporte e Trânsito, Clodovil Soares, alerta para a obediência às regras de permanência nas vagas da Zona Azul, pois os usuários que não obtiverem ticket para estacionar e permanecerem além do tempo ou não sair da vaga após o limite máximo de duas horas será advertido. Se isso ocorrer, o usuário deve dirigir-se até a sede para regularizar a situação do veículo em até 48 horas. Na segunda advertência e o não comparecimento a empresa para regularização, o cidadão será enquadrado no Código de Trânsito Brasileiro, que prevê uma multa de R$ 53,20 e a perda de três pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *