ZONA AZUL VOLTA A PARTIR DE JUNHO

ZONA-AZUL.jpg

Considerado um dos principais problemas do centro da cidade, alvo de reclamações de comerciantes, motoristas e até de transeuntes, o estacionamento nas principais artérias comerciais começa a mudar no dia 7 de junho, quando será implantado pela Prefeitura de Itabuna o estacionamento rotativo. Terão Zona Azul as avenidas do centro como a Amélia Amado, Firmino Alves, Inácio Tosta Filho, Nações Unidas e Cinquentenário, parte da Juracy Magalhães e ruas transversais. Serão ofertadas mais de 1.200 vagas na primeira etapa para carros e motos. O sistema funcionará das 8 às 18 horas, de segunda a sexta-feira. Aos sábados será das 8 às 13 horas. O domingo é livre.

Para estacionar os motoristas pagarão uma taxa de R$ 1,50 por hora. Para motos, a taxa será R$ 1 por hora. Cada usuário poderá o estacionamento por duas horas, com 15 minutos de tolerância para deixar a vaga. A empresa vai trabalhar com a possibilidade da aquisição de crédito de três formas: através dos postos de vendas, que são casas comerciais cadastradas; diretamente com os monitores, ou ainda via aplicativo, chamado de “Minha Vaga”, para aquisição de uma determinada quantidade de créditos.

Pelo Minha Vaga, no momento em que chegar ao local, o motorista terá que acionar o aplicativo, informando que acabou de estacionar, com o horário e o número da vaga. Se não usar a hora integral, tendo informado o horário de chegada e saída, o motorista só pagará o valor referente ao tempo que usou o estacionamento. “O objetivo é assegurar sempre uma vaga para estacionar a quem venha comprar no comércio ou recorrer a qualquer tipo de serviço na cidade”, explica o secretário de Transporte e Trânsito, Clodovil Soares.

O secretário lembra que atualmente muitas vagas são ocupadas durante todo o dia por um único veículo, dificultando o uso do espaço por outro usuário. Segundo ele, com a Zona Azul, o trânsito ficará mais organizado, pois não haverá ocupação irregular de vagas. Com o novo serviço serão liberados espaços como a lateral da Praça José Bastos, subida da Ruffo Galvão, facilitando o fluxo de veículos na área. Os espaços reservados para motos na Praça Camacan (Octávio Mangabeira) e na Avenida Firmino Alves continuarão gratuitos.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *